quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Solidários com a Roça da Saudade / S. Tomé e Principe

O Departamento de Voleibol do Boavista, deu início a uma campanha de solidariedade para com os jovens da "Roça da Saudade" em São Tomé e Príncipe. 

Para conhecermos melhor todos aspectos desta iniciativa, falamos com Lígia Santos que foi quem idealizou esta mesma campanha.

Como nasceu esta ideia e o que se pretende?
Conheço esta Roça em S. Tome, há cerca de dez anos. Conheço igualmente e tenho total confiança na educadora de infância dos jovens da Roça. Vejo como ela recebe e trata tudo que oferecem para os seus meninos e pensei que nós poderíamos ajudar.

A iniciativa é de quem?
A iniciativa é do Boavista, porque não houve nenhum pedido deles. Quando fui lá de férias ofereci uma camisola do Boavista e vi a forma como receberam aquela oferta e assim, pensei que poderíamos ir mais longe.

O que pedem ou desejam eles?
Acima de tudo material escolar, livros, cadernos, canetas, esferográficas etc… precisam também de material desportivo que é uma faceta que eles querem desenvolver. Por esta parte desportiva, optamos envolver aqui o Boavista Futebol Clube.

Com oferta de que equipamentos?
Há tantos equipamentos antigos que não são utilizados, por exemplo as t-shirts utilizadas o ano passado, bolas velhas, equipamentos que não se usem… tudo será bem-recebido. E podemos enviar também roupas para os meninos, roupas que já não usemos. 

As pessoas que desejem colaborar, como o podem fazer?
Podem dirigir-se sempre ao pavilhão da escola Irene Lisboa, cuja Direcção também colabora nesta iniciativa e podem me contactar para o número que aparece no cartaz.

Qual o período desta campanha?
Vai decorrer durante a época 2016/17.

Internamente como se irá processar?
Na próxima semana, vamos divulgar a campanha entre treinadores, seccionistas e directores do voleibol. Depois vamos trabalhar por semanas em cada escalão, envolvendo igualmente as atletas. 
Quero referir o envolvimento total da escola que nos permitirá colocar cartazes em vários locais de forma a envolver o maior número de pessoas.


0 comentários: