domingo, 5 de maio de 2013

Iniciadas - Boavista vence em Santo Tirso num jogo muito renhido

GC Stº Tirso 2 - 3 Boavista FC
25-19 / 13-25 / 25-9 / 20-25 / 19-21

Depois da vitória da passada quarta-feira em casa frente à equipa do Colégio dos Carvalhos, as nossas Iniciadas voltaram novamente a vencer, desta vez fora de casa e contra a formação do GC Santo Tirso. Tal como no jogo da semana passada, o vencedor voltou a ser encontrado apenas no 5º set.

A formação da casa entrou bem no 1º set, conseguindo logo uma vantagem de três pontos no parcial de 6-3, mas a nossa equipa não se intimidou e rapidamente chegou ao empate a 10-10, para logo de seguida chegar ao 13-16. Agora era a vez das tirsenses responderem e chegarem a novo a empate, desta vez a 16-16. O jogo disputava-se de forma equilibrada, sem que nenhuma das formações conseguisse uma notória superioridade em relação à outra, mas após o 18-18 essa situação alterou-se, as Axadrezadas desconcentraram-se um pouco e a equipa da casa soube aproveitar bem esse factor, e com vários pontos consecutivos chegou mesmo à vitória por 25-19.

Em desvantagem e depois da palestra dada pela treinadora, as Panteras entraram muito bem no 2º set, jogando com raça, comunicando muito dentro do campo e sabendo aproveitar com grande eficácia os espaços exstentes no campo adversário. O marcador começou desde bem cedo a traduzir o bom jogo das meninas do Bessa, com estas sempre na frente por 5-8, 9-14, 10-16 e 11-19. O parciais devam grande ânimo aos adeptos Boavisteiros, que puxavam cada vez mais pela equipa, e esta continuava a responder de forma fantástica, e não admirou que se chegasse ao fim do set com vitória para as nossas meninas por 13-25.

No 3º set a técnica Axadrezada colocou em campo a sua formação mais inexperiente, para que todas as atletas evoluam em contexto de jogo, e as portuenses responderam bem no início, levando o marcador a ditar o empate a 7-7, mas a partir daqui os nervos e a falta de experiência começaram a ser evidentes na nossa equipa, e mesmo com muito empenho e esforço não conseguiram travar o ímpeto das tirsenses que chegaram ao 19-9. Já pouco ou nada havia a fazer, e até ao fim do set as Boavisteiras não mais ponturaram, perdendo por 25-9.

O 4º set tinha que mostrar uma equipa do Boavista FC unida e coesa, e foi exactamente isso que aconteceu, com uma entrada de Pantera que levou o marcador ao 2-7, e quando tudo parecia estar a correr bem, o GC Santo Tirso acalmou e recuperou para a liderança por 12-7, perfazendo um impensável parcial de 10-0. As Boavisteiras perceberam que tinham que dar a volta ao set, para não correrem o risco de perder o jogo, e começaram a jogar de forma mais consentânea com o seu valor, o que levou a um equílibrio imediato e à tão esperada recuperação. Após o empate a 14-14, chegaram mesmo à frente por 14-17, ao que as tirsenses responderam com nova passagem para a frente por 18-17, ao que se seguiram vários empates até ao 20-20. O set entrava na sua recta final com um empate, mas a consciência desportiva das portuenses não as deixou descansar e partiram determinadas para a vitória, o que viria mesmo a acontecer por 20-25. Era a necessidade de se recorrer à negra.

Na negra o Santo Tirso entrou melhor, conseguindo um parcial de 6-2, que dava grandes esperanças aos adeptos locais, ao que a nossa equipa respondeu com empate a 7-7. A troca de campos no meio-tempo técnico deu-se com vantagem para as visitadas por 8-7. À referida troca de campos, as Panteras não reagiram bem, consentindo um parcial de 4-0 que colocava o marcador num perigoso 12-7, mas a alma da Pantera está bem viva, e já num grande esforço conseguiram chegar ao 12-12. A partir daqui o jogo ficou equilibrado num sistema de ponto lá-ponto cá, o que dava uma intensidade ao jogo completamente imprópria para cardíacos. Numa negra de loucos, os empates iam-se sucedendo, sendo que foi mesmo necessário recorrer-se às vantagens para se definir o vencedor. E foi num clima apoteótico que este 5º set iria mesmo caír para o nosso lado por uns incríveis 19-21.

Grande vitória das Panteras no sempre difícil recinto do GC Santo Tirso, um grande teste à capacidade física e mental da nossa equipa, e que no fim deu uma vitória muito saborosa. Parabéns à equipa pelo resultado, pela forma como jogaram, e pela forma como aguentaram dez sets em dois jogos muito intensos num curto espaço de tempo. A treinadora Catarina Gomes adoptou a estratégia adequada para o jogo em questão, conseguindo salvaguardar a sua formação mais experiente nos 4º e 5º sets, a sua gestão do plantel foi crucial para a vitória final. A equipa da casa, mostrou estar mais evoluída em relação ao jogo da primeira volta realizado no Porto, e por isso merece também os parabéns, pois também poderia ter vencido o jogo de hoje.

Depois de dois jogos onde foi necessário nervos de ferro para aguentar até ao fim, as Panteras recebem a formação do SC Arcozelo. Um jogo difícil, mas onde as Boavisteiras irão lutar pela terceira vitória consecutiva. FORÇA PANTERAS!!     

0 comentários: