Boavista FC - Temos Tradição no Voleibol Português.

34 Anos a formar atletas sob o lema "Aprender, Praticar e Vencer.

Boavista FC tem novos equipamentos para Época 2016-2017

Todo o voleibol axadrezado será equipado pela conceituada marca Cofides (POR).

Prof. José Machado assume novo desafio

Prestigiado técnico português é o novo coordenador técnico do voleibol axadrezado

Panteras têm novo treinador principal

Prof. Carlos Simão é o novo "timoneiro" das seniores axadrezadas

Destaque semanal

Iniciadas vencem primeiro jogo oficial da época 2016-2017

sábado, 28 de fevereiro de 2009

Séniores - Vai começar a 2ª Fase...


Terminada a 1ª fase do Campeonato Nacional da divisão A2, em que as nossas séniores ficaram-se pelo 7º lugar na classificação geral, está já em arranque a segunda fase.
Nesta 2ª fase, a manutenção no Campeonato Nacional A2, irá ser disputada em duas voltas pelas equipas do Boavista FC, AA Coimbra, AC Juventude, CD Póvoa, GC Santo Tirso e SCS Hora.
O sorteio ditou como primeiro jogo desta fase, AC Juventude x Boavista FC , a ser disputado em Leiria no fim de semana de 7/8 de Março.
F O R Ç A P A N T E R A S !

terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Em jeito de despedida....

No passado domingo, dia 22 de Fevereiro, a equipa sénior de voleibol do Boavista foi a Arcozelo disputar o último desta fase do campeonato de voleibol da divisão A2, num jogo vencido pela equipa da casa.

No primeiro SET, as jogadoras da casa entraram melhor no jogo, conseguindo uma vantagem bastante confortável. No entanto, as axadrezadas foram atrás do prejuízo, conseguindo aproximar-se, ainda que não fosse o suficiente para vencer o SET.

No segundo SET, as visitantes fizeram um SET com muita luta e empenho, no entanto, e apesar desta postura, o SET foi novamente vencido pela equipa da casa.

No terceiro e último SET, que mais uma vez a equipa visitada venceu, o Boavista, com algumas falhas, não conseguiu anular a vantagem conseguida obtida logo no inicio do SET pelas atletas do Arcozelo.

Em suma, este foi um jogo em que o Boavista, apesar da derrota, deixou uma boa imagem em campo, pelo empenho e dedicação que colocou em toda a partida. Foi também um jogo com um significado especial, na medida em que foi a despedida da jogadora Filipa Teixeira, a libero da equipa, que se ausentará durante cinco meses para terminar os seus estudos no Brasil.

Na classificação final desta fase do campeonato A2, o Boavista ficou no 7º lugar, em igualdade pontual com a AA Coimbra (24 pontos), jogando, a partir de agora, uma nova fase da competição.

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Festa Surpresa!

Este não foi um fim de semana normal!
O nosso sábado foi marcado por uma tarde cheias de surpresas a uma atleta/treinadora muito especial, a nossa "Amarelinha".
Sábado ao fim da tarde, foi surpreendida por toda a secção de voleibol, desde atletas até aos directores com uma enorme festa surpresa, no restaurante "Delight" (Pantera).
Era impossivel ficar indiferente ao ambiente que se vivia, a alegria de todas as pessoas presentes, a boa disposição desde os mais pequenos aos maiores, mas acima de tudo a adoração que se vivenciava por esta jovem "Amarelinha"... Por fim, a imagem ficou....a saudade já está presente e a nossa "menina" já voa esta segunda-feira para terras brasileiras, para dar fim aos seus estudos. Resta-nos desejar-lhe uma óptima viagem, uns óptimos estudos durante estes 5 meses...e um enorme ATÉ JÁ, pois estamos TODOS à sua espera.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Entrevista com... Filipa Teixeira [parte 2]


BoavistaVolei: Actualmente és também a técnica principal do escalão de Minis do Boavista FC, como tem sido até á data esta tua experiencia com as atletas mais jovens?
Filipa #1: Esta experiência tem sido sem dúvida a melhor neste clube que me acolheu. Nunca pensei apegar-me tanto à equipa das Panterinhas que já tanto têm de mim. Estou a adorar trabalhar com a equipa técnica (Ana Cunha e Sr.Artur), penso que de certa forma nos completamos e, o que falta a um, o outro tem. Está a ser sem duvida alguma, uma etapa marcante da minha vida como treinadora. Todos os momentos que se proporcionam são deveras especiais, as miúdas já fazem parte de mim, e de certo, sempre vão fazer. Até porque é um trabalho com continuidade, rumo a uma equipa de verdade.

BoavistaVolei: Como tem sido o trabalho desenvolvido com restante equipa técnica e dirigentes?
Filipa #1: Não há melhor pessoa para complementar comigo este trabalho do que a “Cunha” (Prof.Ana). Sem duvida alguma, todo este trabalho está a superar as minhas expectativas, penso que aos poucos fomos encontrando o caminho que tínhamos em comum para o melhor desta equipa. Quero mesmo continuar este trabalho com ela quando voltar do Brasil. Penso que encontramos uma terceira pessoa que se adequa também à nossa forma de trabalhar e isso agrada-nos: Sr. Artur. Quanto à direcção, nada podia apontar, têm sido excepcionais e acho que se encontram satisfeitos com o trabalho que está a ser feito.

BoavistaVolei: Os resultados que têm alcançado estão dentro do que esperavas e desejavas?
Filipa #1: O meu objectivo inicial nem eram os resultados, contudo, sendo eu competitiva como sou, acho que mais feliz não podia estar. Os resultados a mim só me vêm mostrar o trabalho que está a ser feito durante estas longas semanas que já se passaram, são o reflexo do grupo de trabalho que temos e de todo o esforço e dedicação que estamos a dar a estas pequeninas que merecem tudo, diga-se de passagem. Resultados melhores virão de certo… Assim o espero, obviamente! Para já estes estão na perfeição, é uma equipa bastante novinha e já com tanta qualidade, é de se parabenizar e continuar a trabalhar.

BoavistaVolei: Relativamente ao grupo que lideras achas que temos atletas com capacidades e boas margens de progressão no voleibol?
Filipa #1: Sem duvida, penso que temos atletas com vontade e dedicação. Vou tentar acima de tudo incutir parte de mim e da minha ambição nelas para que um dia consigam chegar longe. Eu quero e a “Cunha” também. É para o futuro delas que estamos a trabalhar.

BoavistaVolei: Na tua opinião, o que é importante para ser uma boa atleta?
Filipa #1: Sermos tal como na vida, nós mesmas, sem medo de errar e sem medo de más interpretações. É essencial a confiança mas também a humildade. Garra e vontade de vencer nunca podem faltar. Dedicação e muito trabalho. Para se ser uma boa atleta é preciso essencialmente querer e lutar pelo sonho que se pode mesmo tornar relaidade.

BoavistaVolei: Que conselho darias a quem quer seguir no voleibol?
Filipa #1: Não se deixem abalar por uma ou duas barreiras que vos pareça mais difícil de ultrapassar. Nada é impossível e praticar voleibol é sem duvida uma das melhores coisas da vida. Se sou baixinha e só vejo a rede a crescer, ou trabalho mais ou salto para chegar tão ou mais alto que as grandes ou então… trabalho a perspicácia, a velocidade de reacção e… sou libero! Hehehe.

BoavistaVolei: Imaginas a tua vida sem praticar voleibol?
Filipa #1: Nem pensar! O Voleibol é parte de mim, do meu sorriso, do meu bem estar, da minha felicidade, é a base de grandes amizades que hoje tenho, é o desporto mais completo, é parte do ar que hoje respiro para ser efectivamente “eu”.

BoavistaVolei: Já foi anunciado de que muito brevemente partes para o Brasil afim de participares numa bolsa de estudo. Queres explicar-nos um pouco com te surgiu esta excelente oportunidade?
Filipa #1: É verdade. Sempre quis conhecer o Brasil… Quando entrei na Faculdade e soube que haveria essa oportunidade não podia vacilar. Comecei a juntar dinheiro e este ano vou concretizar como que um sonho: Vou acabar a licenciatura no Brasil, em Alto Rendimento de Voleibol (tinha que ser hehe) e aproveito para conhecer o que sempre quis conhecer e nunca pensei mesmo, conseguir. Foi uma decisão complicada mesmo eu querendo muito ir. No inicio era mais a ilusão que pairava, não sabia grande coisa a nível de custos e tempo que me ia ocupar, mas ir para o Brasil agradava-me. Posteriormente comecei a ligar mais as coisas, o facto de tudo isto contar para o meu currículo e o facto do Brasil ser realmente o Mundo do Voleibol. Fui juntando aos poucos todas as peças e… Deparo-me agora a dias de ir… Num misto de emoções. Feliz por ir conhecer um Mundo novo, acrescentar algo mais ao meu intelecto e triste por ter que ficar longe este tempo daqueles que fazem parte de mim… Essencialmente Família, os meus grandes amigos e as minhas pequeninas e “parceiros” de trabalho. Obviamente que toda esta experiência tem tempo limite e eu volto!

BoavistaVolei: O período em que te vais ausentar é de cinco meses, como encaram as tuas atletas quando lhes explicaste a situação?
Filipa #1: Ui, até a mim me deu um calafrio quando contei…
As caras delas não enganaram ninguém e misturado com aquela tristeza de as deixar por uns tempos, pairou a felicidade por me aperceber que sou mais importante para elas do que eu própria imaginava. É bom demais sentir isso depois de 5 meses de trabalho. Mas tive que lhes garantir: Vou mas volto para continuar com todas vocês. Pronto, algumas lágrimas e bocas abertas mas, mesmo no meio de tanta inocência de criança consegui aperceber-me da compreensão de todas. Vou ter saudades, muitas saudades!

BoavistaVolei: Como esperas que elas se empenhem durante esta tua ausência?
Filipa #1: Nem quero saber como é que elas pensam empenhar-se porque eu só quero ter muito boas noticias do outro lado do Atlântico, das quais que elas estão a evoluir e a empenharem-se muito, pelo menos, por mim! Heheh.

BoavistaVolei: Obviamente, que irás tornar ao Boavista no fim da tua bolsa, para dar continuidade ao projecto que iniciaste, entretanto foi já escalonada uma outra técnica para colmatar a tua ausência. Pressuponho que tens 100% de confiança na equipa técnica que irá agora continuar o projecto do mini-volei, mas queres aproveitar para dar-lhes uma palavra de aconselhamento?!
Filipa #1: Guardo bastante confiança na “Ju”, que será a pessoa que me vai substituir na minha ausência. Quero que elas a respeitem como me respeitam a mim e à Prof.Ana Cunha. Quero que ambas continuem o trabalho e que façam com que as “minhas” pequeninas continuem a ser o nosso orgulho e as mais pequenas valias do nosso Boavista. A “Ju” vai, de certo, dar conta do cargo, dando sempre o seu melhor. Conto com ela e com todos para que a minha ausência seja apenas sentida com saudade e não como um factor que afecte na negativa a equipa. Apesar de longe, vou querer saber de tudo e acredito que vá tudo correr da melhor maneira possível. Força!

BoavistaVolei: Esta época a adesão dos boavisteiros aos jogos da equipa sénior tem sido notoriamente mais empenhada do que na anterior. Qual a mensagem que gostarias de deixar para os boavisteiros!
Filipa #1: Foi notório todo o apoio até agora ganho. Gratificante ver a bancada repleta de preto e branco. Posso dizer que nunca me senti tão acarinhada como este ano no Boavista. As claques sempre presentes só ajudam numa melhoria do clube. Agora, espero que continuem a apoiar a equipa Sénior, com toda a euforia e alegria que tem apoiado. Tenho a certeza que a equipa só vos quer trazer alegrias, vitórias e grandes momentos. E acreditem, por experiência própria, é bem melhor jogar e sentir todo esse apoio, do que brilhar com a bancada vazia. Continuem, porque afinal, todas NÓS merecemos!

BoavistaVolei: Para que consigamos também conhecer-te como és fora do desporto proponho 15 questões de resposta imediata:
1 Cor... Amarelo, AMARELO e AMARELO !!!
2 Roupa... de Verão por favor… Desportiva e “rebelde”.
3 Férias... Praia, muita Prainha. Algarve, Espinho, Amigos…
4 Música... James Morrison – The man who can´t be moved
5 Comida… Marisco, Francesinha, Picanha (Tenho mesmo que escolher uma?)
6 Vicio… Voleibol, sem duvida !
7 Hobbies… Sorrir, rir e fazer rir ainda mais… A boa disposição !!!
8 Livro… “… da minha vida!! ”
9 TV... Programas desportivos e de comédia ! (não sou grande adepta da TV)
10 Desporto… Voleibol de Praia e Futebol, os predilectos !
11 Amigos… São TUDO para mim, não vivo sem eles. São PARTE DE MIM. Amo os !
12 Família… Melhores pais, MELHOR IRMÃO, simplesmente incomparáveis .
13 Viagem… BRASIIIIIL !
14 Sonho duma vida… Voar! Agora a sério…
15 Boavista… Sara, Cunha, Catarina, Panterinhas, Seniores, Amarelinha, Momentos, recordações, vivências, passado, presente e FUTURO. Inesquecível
.


[fim de entrevista]

Resta-nos agradecer a prontidão e simpatia que a “Amarelinha” aplicou á primeira entrevista deste Blog.
Aproveitamos, também, esta oportunidade para lhe desejar uma excelente estadia no Brasil e dizer que o Boavista FC já a espera de volta mesmo sem ela ter partido! OBRIGADO!

Entrevista com... Filipa Teixeira [parte 1]


BoavistaVolei: Nome e idade?
Filipa #1: Filipa Teixeira. 21 anos.

BoavistaVolei:
Quais os desportos que já praticaste?
Filipa #1: Se disser que o voleibol foi o último de muitos é muito admirador?
Pratiquei Artes Marciais (Viet Vo Dau) durante 11 anos, onde me sagrei várias vezes Campeã Nacional Individual e em Equipa. Pratiquei Natação, futebol, andebol, ténis, badminton, ginástica e hoquéi em patins. Fui experimentando de tudo, até que cheguei ao voleibol.


BoavistaVolei: Quando e como te iniciaste no voleibol?
Filipa #1: O Voleibol foi como disse a minha ultima experiencia no desporto. A minha mãe adorava voleibol e em tempos já o tinha praticado, na escola. A paixão pela modalidade fez com que me inscrevê-se no Sporting Clube de Espinho no ano de 2000. Sendo eu de Espinho, a verdadeira capital do voleibol, penso que não teria que ser de outra forma a minha opção, ou neste caso, ainda a opção dos meus pais.

BoavistaVolei: Durante a tua fase de aprendizagem houve alguma atleta em que te inspirasses? E Actualmente?
Filipa #1: Na verdade, no começo, não sabia muito bem em que consistia a modalidade. Aos poucos fui aprendendo e nunca me inspirei em nenhuma atleta, mas sim, num grande atleta que ainda hoje admiro muito, o Miguel Maia. Tanto naquela altura como agora, sinto uma admiração enorme por esse mítico jogador do grande clube que o Sporting de Espinho é. Mais tarde, comecei a definir me no voleibol e, sendo eu libero admiro muito também, o Hugo Ribeiro (actual libero do Espinho). Tenho a perfeita noção que me inspiro muito nele, não só pela posição que ele faz em campo mas também pela pessoa que é, pela garra que demonstra ter, pelo espírito competitivo que tem e que incumbe na restante equipa. Ainda hoje esses são os dois jogadores que realmente mais me dizem na modalidade. Não pondo de parte o feminino, dá gosto ver jogar a Vanessa Rodrigues do C.A.Trofa e a respectiva libero: Maria Carlos, que também já jogaram no Boavista. Actualmente, e venerando o voleibol de praia como venero, admiro uma atleta que não é portuguesa, de nome Larissa – Uma verdadeira Campeã da areia.

BoavistaVolei: Qual foi o escalão de formação onde sentiste mais dificuldades ao nível de aprendizagem?
Filipa #1: No meu segundo ano de Juvenil. Teoricamente era Juvenil de primeiro ano ainda e esse avanço dificultou um pouco a minha aprendizagem, tal como a junção de duas equipas completamente diferentes em termos de idade e espírito.

BoavistaVolei: Como decorreu o teu processo de transição pelos escalões em que jogaste? Qual o escalão que mais te marcou?
Filipa #1: O escalão que mais me marcou? De todos os anos consigo retirar bons e menos bons momentos, no entanto o ano que posso dizer que mais me marcou foi efectivamente o ano em que eu ainda era Iniciada e já jogava em Juvenil. Esse ano marcou-me pelo simples facto de termos uma equipa que modéstia aparte se dava muito bem, tínhamos um espírito de grupo impecável, uma treinadora jovem, com a qual nos dávamos muito bem e sobretudo, tínhamos uma equipa competitiva que gostava de ganhar, sempre com muita diversão. Este ano marcou-me por ter sido o ano em que andei pela primeira vez e avião, rumo ao Torneio da Madeira, onde essa semana pode mesmo ser considerada como a melhor semana da minha vida voleibolistica até aos dias de hoje. A inocência, a boa disposição, as brincadeiras, o carinho, os resultados, as amizades que se fizeram e ainda hoje prevalecem… Inefável! Tirando esta época de primeiro ano de juvenil houve momentos que me marcaram e ainda hoje relembro com um sorriso esboçado na face: a fase final de Juniores, como jogadora do Esmoriz e a evolução que senti que tive na época passada no Boavista F.C. por exemplo.

BoavistaVolei: Quais os clubes que já representaste?
Filipa #1: Sporting Clube de Espinho durante 5 épocas e meia, Esmoriz Ginásio Clube durante 2 anos e Boavista F.C. para já, durante 2 épocas.

BoavistaVolei: Qual o momento que elegerias como “momento de eleição” na tua carreira de voleibol?
Filipa #1: Falando de voleibol de pavilhão, talvez a fase final de Juniores no Esmoriz. Se falarmos de voleibol de praia, a minha época de 2007, onde me sagrei Campeã Nacional de Juniores sem dúvida.

BoavistaVolei: E qual o momento que consideras como o pior?
Filipa #1: Talvez por ser o mais recente momento, o último jogo frente ao Vitória de Guimarães, este ano.
BoavistaVolei: Há algum jogo que te tenha ficado na memória para sempre?
Filipa #1: Um jogo, frente ao Leixões S.C., onde estávamos a perder por 2.0 e fomos ganhar 3.2. Fiz o jogo da minha vida! Jogava ainda no Esmoriz e era Júnior.

BoavistaVolei: O que pensaste quando te convidaram para representar o Boavista FC?
Filipa #1: Fiquei muito contente mesmo não sabendo muito bem o que me esperava. Era mais um passo na minha carreira uma vez que o Boavista sempre foi um clube com grande historial a nível do voleibol. Era o alcançar de mais um patamar, um patamar ainda mais alto do que aquele que já tinha alcançado.

BoavistaVolei: Como foram as primeiras impressões quando entraste neste clube?
Filipa #1: A simpatia da direcção marcou-me muito e fez logo com que me senti-se muito bem no clube. As pessoas mais velhas, que iriam ser da minha equipa causaram-me um misto de sentimentos. Um de alegria por ir aprender com elas, devido á sua experiência. Um outro sentimento, talvez de receio, de não ser aceite tão bem como efectivamente acabei por ser.

BoavistaVolei: Este ano houve mudança na equipa técnica e entraram muitas atletas novas. Qual a tua opinião sobre o actual grupo de trabalho?
Filipa #1: Considero um grupo diferente, talvez um grupo menos ambicioso, menos competitivo, não sei… A equipa técnica é bastante distinta na forma de pensar e agir, gosto de situações sérias, gosto de competir, de ganhar, de lutar até ao fim por mais dificuldades que possam existir e, apesar de gostar de estar inserida no grupo deste ano, penso que falta um pouco isso, um pouco essa vontade que provavelmente me incutiram na época passada para ficar comigo no resto da minha carreira. Contudo, admiro imenso a nossa Capitã, Raquel Palmeira. Mesmo sendo a mais experiente da equipa continua a ser uma das pessoas com a qual mais me identifico. Dou-me muito bem com certas pessoas da equipa, considerando-as até amigas fora das quatro linhas mas sinceramente gostava de sentir que este grupo, novo digamos, fosse de certa forma mais coeso e mais unido, como me parecia que ía ser logo no começo do ano.

BoavistaVolei: Como te defines em campo? Achas que a posição de Libero é a tua cara?
Filipa #1: Defino-me como uma jogadora igual às outras embora de camisola bem diferente, uma tal de “amarelinha”… Agora mais a sério, acho que sou mais uma em campo, mais uma que quer ganhar e lutar pelo melhor da equipa. Defino-me como uma jogadora talvez com muita garra, muita vontade, ambiciosa, lutadora. Penso que vivo muito o jogo e sinto que me afecto um pouco devido à minha falta de confiança a nível pessoal. A posição que faço é sem duvida alguma a minha cara. Adoro “sacar” bolas, para mim isso significa que nada está perdido. Quando no ultimo momento parece que a bola vai cair, eu adoro levantá-la, tal como na vida… Quando parece dar errado, eu gosto de fazer com que dê certo. Adoro ajudar os outros, complementar a lacuna do outro, festejar muito, saborear o que de melhor o voleibol tem… E paralelamente, o que de melhor a vida tem. Levo a minha vida como um jogo… de voleibol, sempre de amarelo.

BoavistaVolei: Qual a característica que mais se evidencia na tua equipa, na tua opinião?
Filipa #1: Hummmm, talvez a boa disposição, proveniente da maior parte das atletas da minha equipa, que efectivamente, vai contagiando.

BoavistaVolei: Quem são para ti as equipas mais fortes deste campeonato A2 desta época?
Filipa #1: Penso que a equipa mais forte desde o início da nossa divisão é o C.V.Oeiras e, para mim, é o grande candidato ao titulo, no meu ponto de vista, merecido.

BoavistaVolei: Achas que o lugar que o Boavista ocupa actualmente na tabela classificativa acaba sendo o merecido ou muito pelo contrário?
Filipa #1: Não acho que seja o lugar merecido, desde o início penso que temos equipa para mais que um 6º ou 7º lugar. Contudo, se é aqui que nos encontramos é porque não fomos capazes de mais. Sempre demos o nosso melhor a todos os níveis. Sinto que este ano não fomos constantes e talvez isso tenha sido o “factor X” para definir o nosso lugar de agora na tabela classificativa. Ambicionava mais e penso que tínhamos grupo para tal.

BoavistaVolei: Não é segredo que o Boavista atravessa grave crise financeira, até que ponto essa situação condicionou a formação e a preparação deste plantel?
Filipa #1: Pois, hoje em dia, já ninguém quer jogar sem receber. Penso que a certo ponto essa nossa situação critica em termos financeiros condicionou um bocadinho o nosso plantel esta época, contudo, só faz falta quem cá está, e se são estas as condições que temos, há que lutar por melhores, todos juntos.

BoavistaVolei: Consideras as actuais condições de treinos como adequadas?
Filipa #1: Não, de maneira nenhuma. Mesmo sabendo que existe um esforço tremendo da direcção e equipa técnica, nenhum clube gosta de não ter pavilhão próprio. O essencial era termos o nosso pavilhão, com 100% de disponibilidade para a nossa modalidade. Outra condição relevante era aumentar o tempo de treino, a meu ver é muito pouco. Mas é o que eu digo desde o início. Aos poucos podemos chegar onde estávamos.

BoavistaVolei: Essa crise acabou por abalar mentalmente o vosso espírito de grupo, ou pelo contrário galvanizou-vos ainda mais?
Filipa #1: Penso que quem aqui está, está porque quer, por amor à camisola mesmo não sendo Boavisteira desde pequenina, como se costuma dizer, não é? A meu ver, a crise não me faz desistir mas sim lutar pelo melhor deste clube que me recebeu à dois anos atrás. Tarefa difícil? Sim. Mas nada é impossível.

BoavistaVolei: Mudando um pouco de assunto, sabemos que paralelamente ao voleibol indoor , também participas muito activamente no voleibol de praia. Como surgiu essa tua paixão pelo voleibol de praia?
Filipa #1: Por mera brincadeira. Aliás, sempre venerei praia, então quando soube da existência desta vertente não consegui resistir. No ano a seguir a ter conhecimento da existência do voleibol de praia, participei num torneio na aguda, no qual fiquei em 2º lugar. Talvez essa participação me tenha motivado para no ano a seguir querer um pouco mais. Arranjei uma dupla da minha idade e participei no Campeonato Regional. Sem nunca ter tido treinos da modalidade fiquei em 4º lugar e em 7º no Nacional. No ano a seguir, já com outra dupla, a ambição era ainda maior… Mas atingimos os mesmos lugares. Em 2007, meu ultimo ano de Juniores, e novamente com outra dupla, fiquei em 3º lugar no Regional e sagrei-me campeã Nacional… Inefável. A paixão pela modalidade continua e acho que já não sei ser eu mesma sem esta vertente do voleibol.

BoavistaVolei: Quais as grandes diferenças que vês entre o voleibol de praia e o de pavilhão?
Filipa #1: Numa equipa indoor não é estritamente necessário uma pessoa se dar bem com as restantes 11 atletas do plantel… No voleibol de praia é diferente, somos só duas e temos que estar sempre predispostas a agir. Tocamos muitas mais vezes na bola, fazemos um bocadinho de tudo, jogamos num meio completamente diferente, não há a distinção em divisões, daí podermos jogar contra as melhores. Só queria ter mais uns centímetros de altura e dando-me a escolher pavilhão ou praia, eu optava pela praia. É outro Mundo!

BoavistaVolei: Como analisas a pratica do voleibol de praia em Portugal?
Filipa #1: Não está de maneira alguma muito enfatizada. A época de praia nos outros países é toso o ano, aqui em Portugal só começa quando acaba a de pavilhão. Contudo, penso que a adesão cada vez é maior e fico muito contente com isso. Mais uma vez só demonstra que mesmo em Portugal, o voleibol movimenta multidões.

BoavistaVolei: É sabido que já ganhaste alguns prémios importantes no voleibol de praia, quais os próximos desafios que tens pela frente nesta vertente do voleibol?
Filipa #1: O melhor foi sem dúvida o Campeonato Nacional de Juniores. Ainda hoje relembro esses momentos com a lágrima no canto do olho. A presença no Europeu de sub-23 no ultimo verão também me marcou duma maneira inesplicável… São talvez triunfos que nunca esperei alcançar porque, toda a gente sabe, a altura é muito importante no voleibol e eu não sou propriamente muito grande… Contudo, espero fixar-me a uma dupla e trabalhar a sério, tentando chegar ao mais alto nível Nacional e quem sabe, Internacional. Sonhar não custa!
[fim da 1ª parte da entrevista]

Ciclo de Entrevistas em Estreia!

Inicia-se amanha um ciclo de entrevistas a Atletas, Técnicos e Dirigentes do Voleibol do Boavista FC.
Esta é uma ideia de já á imenso tempo, que por força de várias adversiadades ainda não tinha sido posta em prática.
A equipa do BoavistaVolei achou esta é altura ideal para estrear esta nova rúbrica que terá a periocidade semanal e por certo agradará a todos os Boavisteiros e demais leitores deste mesmo Blog.
Para a estreia, decidimos publicar a entrevista efectuada á nossa atleta Filipa Teixeira, obviamente que não poderiamos deixá-la partir para para o seu «estágio» no Brasil sem uma grande entrevista.
Amanha publicaremos a 1ª parte desta entrevista! Estejam pois então atentos!

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Competição de Fim de Semana

Séniores
SC Arcozelo x Boavista FC
22/02/2009 - 16h00 - Pavilhão Municipal Arcozelo

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Juniores derrotam o SC Arcozelo

No passado sábado, dia 14 de Fevereiro, a equipa de juniores de voleibol do Boavista recebeu o Arcozelo, num jogo que venceu, por 3-0.
A excelente entrada deu confiança à equipa, que se apresentou muito mais forte e unida, controlando o jogo, pelo que a constante vantagem sobre o adversário surgiu de forma natural. Apesar desta aparente facilidade, a partida exigiu uma constante atenção e concentração à equipa para obter a vitoria, algo que conseguiram sem dificuldades.
No final desta grande vitória, a atleta Joana Monteiro deu a sua opinião sobre o jogo ao nosso colaborador dos Panteras_23: «entramos bem no jogo, tivemos atitude e permanecemos unidas como equipa. Notou-se o nosso "controlo" sobre o jogo, erramos pouco e com a vantagem que tínhamos foi mais fácil arriscarmos. Jogamos com alegria mas acima de tudo com atenção e inteligência. Foi uma vitória importante para que a equipa tenha ainda mais motivação»



Iniciadas perdem 1º Jogo do Torneio AVP

Recepção ao serviço...

Aguardando o serviço do adversário...

Preparando o ataque...

Nem as derrotas abalam este espirito de grupo!...

No ataque á rede...

Concentração é fundamental!...

Sempre juntas são BOAVISTA FC !

Minis "arrancam" 2º Lugar no Torneio de Carnaval


Este Domingo, o dia foi das mais pequeninas axadrezadas... As Minis A começaram logo por "madrugar" para irem disputar o Torneio de Carnaval em S. Mamede onde aspiravam o 1º lugar, pelo menos de uma das equipas. Numa manhã cheia de sorrisos, ambas as equipas conseguiram mostrar o seu valor...

A Equipa A, numa série mais forte, debateu-se frente a duas formações masculinas da Académica de S.Mamede, onde saiu derrotada. No terceiro jogo, frente a uma formação do St. Tirso já com alguns elementos femininos, a equipa deu-se como vencedora passando assim à 2ª fase do Torneio em 3º. Nesta fase, um 70.20 frente à formação de St. Tirso marcou a presença na luta pelo 5º lugar que foi alcançado com todo o mérito frente à equipa do Col. do Rosário.

A Equipa B, na sua série, venceu os dois primeiros jogos com uma larga vantagem sobre os adversários. Perdendo apenas um jogo, passou à 2ª fase em 2º lugar do grupo. Na meia final contra o 1º do outro grupo, deu-se como vencedor. A motivação e vontade de vencer nunca deixou de ser notória até na final onde o "buzinão" apitou no momento do empate. Já em "tempo de compensação", a equipa da Académica de S.Mamede conseguiu manter a vantagem dos dois pontos, vencendo assim o Torneio. Desta forma as nossas Panterinhas consideram-se "Vice campeãs" do Torneio de Carnaval organizado pelo clube de S.Mamede.


É de se enfatizar a presença dos Pais das atletas, a presença mais uma vez, da "Cris" do grupo Panteras_23, a presença das Minis B e sobretudo o espirito competitivo, acolhedor e simpático que este grupo de trabalho está a fazer com estas pequenas grandes valias do nosso Boavista.

No fim, o normal seria todas as atletas irem para casa e descansarem ou estudarem, contudo... este Domingo a equipa técninca resolveu fazer diferente, visto que o Torneio do Frei Gil, destinado à equipa das Minis B tinha sido quase que cancelado devido ao número mínimo de equipas... Todas as Minis tiveram direito a participar num convivio organizado pelas Treinadoras e Seccionista, rumo a uma tarde diferente onde a boa disposição não poderia faltar. Desta forma a equipa A e B das Panterinhas deslocou-se ao Parque da Cidade para um Pic Nic e uma tarde cheia de actividades que se caracterizou por todos (atletas, pais e equipa técnica) como "Inesquecivel".

Séniores voltam a Vencer

Depois de "escorregarem" na derrota, as Seniores ganham mais um jogo no Campeonato.
A aspiração pelos primeiros 4 lugares no Campeonato está longe de ser concretizada. Fruto duma primeira fase com bastantes altos e baixos, algumas lacunas no plantel, alguns erros sistemáticos... A equipa Senior vai classificar-se nesta fase, no meio da tabela.
Este fim de semana a equipa venceu o jogo frente ao Sra. da Hora por um simples 3.0. Sendo assim, fica a faltar mais um jogo frente à equipa de Gaia, classificada em 2º lugar. Após este jogo e já depois da classificação bem definida a equipa cotinuará na luta pela permanência nesta divisão, confiante de que este, foi mais um ano de base para um futuro bem melhor, digno de uma equipa boavisteira.

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Próximo Fim de Semana cheio de Voleibol!

Séniores
Boavista FC x SC Srª. da Hora
15/02/2009 - 17h00 - Pavilhão Pêro Vaz de Caminha;
Juniores
Boavista FC x SC Arcozelo
14/02/2009 - 16h15 - Pavilhão Pêro Vaz de Caminha;
Iniciadas
Colégio Rosário x Boavista FC
14/02/2009 - 15h00 - Pavilhão do Colégio do Rosário;
Minis A
Vários x Boavista FC
Torneio de Carnaval da AVP
15/02/2009 - 09h30 - Pavilhão Académica de S. Mamede;
Minis B
Vários x Boavista FC
Torneio Particular do Frei Gil
15/02/2009 - 09h30

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Séniores "escorregam" em casa...


No passado domingo, dia 8 de Fevereiro, a equipa sénior de voleibol do Boavista recebeu a Juventude Pacense, num jogo vencido pela equipa visitante.
No primeiro SET, as jogadoras pacenses entraram melhor no jogo, conseguindo uma vantagem bastante confortável. No entanto, as axadrezadas foram atrás do prejuízo, conseguindo aproximar-se, ficando o resultado em 15-25.
No segundo SET, as visitantes fizeram um set muito bom , com muita luta e empenho. Por outro lado, a equipa do Boavista esteve menos bem, muito apática, algo nada habitual nesta equipa
No terceiro e último SET, que mais uma vez a equipa visitante venceu, por 15-25, o Boavista, com algumas falhas, não conseguiu anular a vantagem conseguida obtida logo no inicio do SET pelas pacenses.
Destaque para o péssimo estado do piso do pavilhão, com bastante humidade, que provocou diversos escorregões nas jogadoras.
Em suma, em que o Boavista, apesar da derrota, deixou uma boa imagem em campo, pelo empenho que colocou em toda a partida.

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Juniores em dia mau...


No passado sábado, dia 7 de Fevereiro, a equipa de juniores de voleibol do Boavista foi a Guimarães defrontar o Vitória, num jogo quase totalmente dominado pela equipa da casa, que venceu por 3-1.
As axadrezadas entraram menos bem na partida, embora inicialmente tenham procurado discuti-la. No entanto, a supremacia da equipa da casa era notória e as nossas meninas não conseguiram encontrar a melhor forma de anular essa situação
No primeiro SET, o Boavista não foi capaz de dar uma resposta à equipa muitíssimo bem organizada do Vitória, ficando o resultado em 25-12. No SET seguinte, as axadrezadas esboçaram uma reacção, mantido o resultado renhido ate ao fim. Ainda assim, as vitorianas venceram também este SET por 25-20.
O terceiro SET, o único vencido pelo Boavista, foi o melhor jogado, com a equipa a estar muito bem, lutando com toda a garra a que nos habituaram e vencendo por 14-25. Por fim, o quarto SET foi vencido, mais uma vez, pela equipa adversária, por 25-18.
Em suma, foi um jogo muitíssimo bem disputado, e ambas as equipas lutaram bastante pela vitoria, que foi entregue à equipa que melhor jogou em toda a partida.

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Jogos de Fim de Semana

Séniores
Boavista FC x Juventude Pacense
08/02/2009, pelas 17h00 no Pavilhão Pêro Vaz de Caminha
Juniores
Vitória SC x Boavista FC
07/02/2009, pelas 17H00 - Pavilhão Univ. Minho Guimarães

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Minis B no Torneio de Ano Novo (2ª volta)

Últimos momentos de concentração!
Em plena disputa pelos pontos!
Foto com a familia toda junta!

Graziela Palmeira (Dir), Artur Nunes (Sec), Beatriz, Marta Dias, Benedita, Ana Cunha (T), Filipa Teixeira (T), Zé Manel Palmeira (Dir)
Cláudia, Mafalda, Ana Andrade, Mariana Ruão, Camille e Inês Valdrez


" Em primeiro lugar, tanto eu como a Prof. Ana Cunha queremos parabenizar as nossas mais valias de atletas uma vez que se portaram bem melhor que no ultimo torneio, aqui, em S.Mamede. O 5º lugar que obtivemos hoje foi muito bem disputado. Sabemos que ficamos no melhor grupo em termos de qualidade, a Ala de Gondomar e o Col. Lamego têm boas equipas na formação como se viu mas nem por isso baixamos os braços. Defrontamo nos como verdadeiras Panteras e mais importante do que qualquer resultado nesta fase foi realmente aperceber-me da evolução que o espirito desta equipa está a ter, da vontade que aumenta de dia para dia, para serem cada vez melhores e mais unidas. É de se enfatizar a presença da Cris no Torneio, é sempre bom sentirmos o apoio dos que nos rodeiam. Igualmente agradecida estou, pela presença dos Directores e dos Pais, que nunca deixaram a sua presença de parte em nenhum torneio. Estou muito contente com o grupo que estamos a formar, com esforço e dedicação temos "pano para mangas" sim. Eu e a Prof. Ana confiamos ! Como ja referi várias vezes: O sucesso é um caminho e não um destino ! " - Filipa Teixeira (Treinadora)

Séniores perdem em St.Tirso


No passado sábado, dia 31 de Janeiro, a equipa sénior de Voleibol do Boavista foi jogar a Santo Tirso, com o Ginásio Clube de Santo Tirso, num jogo vencido pela equipa da casa.

No primeiro SET, as jogadoras axadrezadas entraram muito bem, conseguindo uma vantagem bastante confortável. No entanto, as adversárias foram atrás do prejuízo, conseguindo aproximar-se, embora o Boavista tenha estado sempre em vantagem, até à vitória por 23-25.

No segundo SET, também muito equilibrado, as duas equipas entraram muito bem, pelo que foi um SET bastante equilibrado, muito renhido e discutido até ao final, tendo as tirsenses vencido por 25-22.

No terceiro SET, com o jogo empatado e já um pouco mais nervosas, as boavisteiras tiveram alguns momentos de menor concentração, que permitiram que o Ginásio ganhasse uma vantagem que acabou por ser fatal, pelo que o SET foi novamente ganho pela equipa da casa, por 25-18.

No quarto e último SET, que mais uma vez o Santo Tirso venceu, por 25-19, o Boavista, com algumas falhas, não conseguiu anular a vantagem conseguida (e um pouco consentida) pelas atletas da casa.

Em suma, foi um jogo interessante e bem disputado, em que o Boavista, apesar da derrota, deixou uma boa imagem em campo, pelo empenho que colocou em toda a partida.