Boavista FC - Somos tradição no Voleibol.

Boavista Futebol Clube - 32 Anos de tradição no voleibol português.

Já são conhecidos os horários e locais de treino para a época 2013/2014

Já estão disponíveis os horários e locais de treino de todos os escalões para a época desportiva 2013/2014. Consulte aqui no Blogue BoavistaVolei

Minis B - Época 2013/2014

As Panterinhas Minis B para a época 2013/2014.

Iniciadas B - Época 2013/2014

Equipa de Iniciadas A do Boavista FC para a época 2013/2014. FORÇA PANTERAS!!

Iniciadas A - Época 2013/2014

Equipa de Iniciadas A do Boavista FC para a época 2013/2014. FORÇA PANTERAS!!

segunda-feira, 21 de Abril de 2014

Terminou o Eurobol 2014

Terminou a participação das Panteras no Eurobol 2014 que se realizou na cidade de Gondomar de 18 a 20 de Abril e que for organizado pela Ala de Gondomar.

O Boavista apresentou uma equipa composta por um misto de vários escalões (infantis, iniciadas, cadetes e juvenis) que se bateu com toda a galhardia perante adversários do escalão de juvenis e alcançou um honroso 10º lugar.

Foram 3 dias de muito voleibol, muita convivência e alegria por parte das nossas atletas que assim recarregaram forças para o que resta da competição oficial.

FORÇA PANTERAS!!

domingo, 13 de Abril de 2014

Seniores - Panteras perdem em Lisboa

CV Lisboa 3 - 1 Boavista FC

A nossa equipa sénior deslocou-se à capital para defrontar a formação do CV Lisboa em jogo a contar para a  última jornada da Série dos Primeiros. As Axadrezadas foram derrotadas por 3-1, resultado que em nada muda a classificação final da nossa equipa nesta fase, pois o primeiro lugar já havia sido garantido na passada semana.

Mesmo tendo a sua situação já decidida, as Boavisteiras foram a Lisboa para lutarem pela vitória, pois este jogo poderia interferir na classificação no que concerne ao segundo lugar, que também dá acesso à Fase Final, mas a equipa da casa, a precisar mesmo de vencer para conquistar os três pontos, acabou por se conseguir impor em campo às meninas do Bessa e acabando por vencer por 3-1.

A nossa equipa foi derrotada por 3-1, mas isso em nada altera os objectivos da equipa, que agora estará completamente concentrada para a decisiva Fase Final. Agora há que preparar muito bem a última fase do campeonato nacional da II divisão para atingirmos o objectivo que nos tem fugido nos últimos anos.

FORÇA PANTERAS!!


 

segunda-feira, 7 de Abril de 2014

Seniores - Panteras garantem 1º lugar na Série dos Primeiros

Boavista FC 3 - 0 PEL

Depois de na semana terem carimbado a passagem para a Fase Final do campeonato nacional da II divisão, hoje as Panteras garantiram também o primeiro lugar na Série dos Primeiros, mais um objectivo que foi alcançado pela nossa equipa sénior. Para conseguir o primeiro lugar as Boavisteiras venceram a formação do PEL, segunda classificada, por 3-0 no pavilhão Fontes Pereira de Melo.

Jogo de grande expectativa entre duas boas equipas, as Boavisteiras a quererem garantir o primeiro lugar e a formação da margem sul a tentar garantir a presença na Fase Final. As Panteras entraram muito fortes no jogo, o que fez desde logo antever uma boa tarde para os adeptos Axadrezados, mas o PEL também se fez valer do seu bom plantel e soube equilibrar o jogo, ainda assim a nossa equipa soube superar as dificuldades e vencer pela margem máxima de 3-0.

Depois de carimbada a passagem para a Fase Final, depois de garantido o primeiro lugar, o objectivo das Panteras é vencer o último jogo da Série dos Primeiros no próximo fim de semana. O jogo realiza-se em Lisboa frente ao CVL, equipa ainda com aspirações à qualificação para a fase decisiva da competição.

FORÇA PANTERAS!!


sexta-feira, 4 de Abril de 2014

Juvenis - Panteras no Eurobol 2014


quarta-feira, 2 de Abril de 2014

Jogos dos escalões de formação


terça-feira, 1 de Abril de 2014

Hoje é dia de alegria para o nosso Clube



E porque todos somos apenas um só clube, o Departamento de Voleibol do Boavista FC não poderia ficar alheio à boa notícia do dia, o Boavista FC foi admitido a competir no campeonato nacional da I divisão em futebol na época 2014/2015. Foi feita, finalmente, justiça ao nosso clube.

Viva o Boavista, novamente entre grandes.

domingo, 30 de Março de 2014

Seniores - Panteras garantem Fase Final com vitória em Paços de Ferreira

Juv. Pacense 0 - 3 Boavista FC
15-25 / 20-25 / 22-25

E eis que um dos grandes objectivos traçados para a época 2013/2014 foi atingido hoje em Paços de Ferreira, a nossa equipa sénior irá marcar presença, pelo quarto ano consecutivo, na Fase Final da II divisão, competição que ditará o campeão nacional deste escalão com a respectiva subida à I divisão.

A vitória de hoje frente à Juventude Pacense pela margem máxima de 0-3 deu os três pontos necessários para que a presença na Fase Final seja uma realidade matemática.

Apesar da equipa da casa já estar afastada da qualificação, qualquer deslocação à capital do móvel tem que ser muito bem preparada pois do outro lado está sempre um conjunto muito combativo e que nunca desiste de lutar. Por isso as Axadrezadas entraram muito concentradas no 1º set, conseguindo desde logo uma vantagem de seis pontos no 4-10, o que deu uma grande tranquilidade ao conjunto Boavisteiro. A nossa equipa jogava bem ia mantendo as pacenses longe no marcador, e quando este ditava um desnivelado 9-17 já poucas dúvidas haviam acerca do vencedor final do set. O set acabaria mesmo por chegar ao fim com uma vitória das portuenses por 15-25.

Ainda embaladas do set anterior, as meninas do Bessa voltaram a entrar melhor no 2º set, conseguindo quatro pontos consecutivos sem qualquer tipo de resposta por parte da equipa da casa, mas esta teve arte e engenho para responder a preceito com cinco pontos consecutivos que as colocavam na liderança por 5-4. As Boavisteiras não se melindraram e mantiveram o marcador empatado até ao 10-10, momento em que a equipa de Paços de Ferreira obteve um parcial de 3-0, colocando o marcador em 13-10. Esta vantagem das pacenses foi o mote para uma grande resposta das vice-campeãs nacionais com um fulminante parcial de 0-7 que desnivelava totalmente o "score" para 13-17. Esta grande recuperação acabou por ser muito importante, pois foi um autêntico balde de água fria no conjunto pacense e galvanizou a nossa equipa que arrancou para uma vitória por 20-25, mesmo tendo em conta a ténue resposta da Juventude Pacense já na recta final do set.

Já com, pelo menos, um ponto garantido, as Panteras queriam os três pontos, mas o 3º set foi o mais equilibrado de todo o jogo, com Boavisteiras e pacenses a dividirem os pontos entre si em quase todos os momentos do set. Do 3-3 ao 15-15, todas as vantagens eram de pronto anuladas pela equipa contrária. As Axadrezadas ainda conseguiram uma vantagem de dois pontos no 16-18, mas que prontamente foi anulada pela formação da capital do móvel. Chegados ao 22-22, e com grande indefinição quanto ao vencedor do set, eis que as meninas vestidas de Xadrez ganharam fôlego e silenciaram o municipal de Paços de Ferreira com um parcial de 0-3, exactamente o necessário para fechar o set, o jogo e garantir a presença na Fase Final com uma vitória por 22-25.

Vitória justa do conjunto do Prof. José Machado, mostrou ter mais argumentos e ser mais experiente do que a equipa da casa, que por seu lado voltou a mostrar todos os seus pontos fortes, uma defesa concentrada e uma entrega total ao jogo. A presença na Fase Final ficou garantida com uma vitória num dos recintos mais complicados das equipas da II divisão, estão de parabéns as nossas Panteras.

A presença na Fase Final já está carimbada, mas ainda há dois jogos para ganhar e garantir o 1º lugar da tabela classificativa, e o próximo jogo é de extrema importância rumo a esse objectivo, com a recepção à formação do PEL, segundo classificado e que virá ao Porto com o objectivo de lutar pelo lugar cimeiro. Portanto todo o apoio é pouco à nossa equipa na  próxima jornada!!

FORÇA PANTERAS!!

Cadetes - Boavista vence em jogo intenso

Boavista FC 3 - 2 RC Senhorense
25-23 / 22-25 / 25-20 / 22-25 / 15-11


A quarta jornada do Torneio do 72º Aniversário da Associação de Voleibol do Porto no escalão de cadetes trouxe ao pavilhão Pêro Vaz de Caminha a formação vizinha do RC Senhorense. As Axadrezadas garantiram a vitória na negra depois de um jogo intenso.

O 1º set foi bastante equilibrado, com bastantes empates no marcador, situação que se manteve até ao 17-17, momento onde as Axadrezadas conseguiram um importante parcial de 4-0 que as colocava na dianteira por 21-17. A equipa da cidade da Senhora da Hora ainda recuperou dois pontos, 22-20, mas não iria conseguir mais do que isso pois as Boavisteiras souberam suster a pressão e venceram por 25-23.

As meninas do Bessa voltaram a entrar bem no 2º set, conseguindo desde logo um parcial de 5-2 que obrigou o técnico do Real a pedir um tempo, o que surtiu efeito pois as senhorenses acalmaram-se um pouco mais em campo, mas ainda assim sem conseguirem responder ao melhor jogo da equipa da casa, que chegou ao 10-5. A recuperação das visitantes começou aqui mesmo, logrando chegar mesmo ao empate a 13-13, e daí para a frente mantiveram-se os empates sucessivos no marcador. Após o empate a 19-19 o Real conseguiu uma vantagem importante de dois pontos no 19-21, situação que deixou as Panteras desconfortáveis em campo, e que as senhorenses souberam aproveitar para vencer por 22-25.

Ainda motivadas pela vitória no set anterior, as matosinhenses entraram melhor no 3º set, conseguindo estar na frente por 2-6, mas as Panteras tiveram arte para dar a volta completa aos acontecimentos, depois do empate a 7-7 mantiveram o seu ritmo imparável e chegaram ao 20-13. Recuperação fantástica fruto de um jogo muito concentrado da nossa equipa. Mesmo correndo atrás do prejuízo, o Real ainda esboçou uma ténue reacção mas completamente ineficaz para o bom jogo Boavisteiro. Vitória do Boavista por 25-20.

Faltava apenas mais uma vitória para as Boavisteiras garantirem mais uma vitória, e entraram bem no 4º set, dominando o jogo desde o início, o marcador marcava parciais de 10-4, 14-7 e 18-13, o que deixava antever nova vitória da nossa equipa. No entanto quando tudo parecia bem encaminhado, a formação da Senhora da Hora ganhou novo fôlego e foi recuperando no marcador a pouco e pouco perante alguma inércia das Axadrezadas que pareciam surpreendidas pela resposta do adversário. O Real recuperou totalmente da desvantagem, chegando mesmo à impensável vantagem por 22-23, o que foi um rude golpe para as portuenses que não tiveram mais força anímica para evitar a derrota por 22-25.

No 5º set, a negra, após o empate a 3-3 a nossa equipa teve uma ligeira vantagem no 5-3, que foi anulada pelo Real para 5-8, resultado com que se efectuou a troca de campo do meio tempo técnico. No recomeço as Axadrezadas voltaram a empatar o set a 8-8, para depois se voltar a verificar novo empate no parcial de 10-10. O jogo estava equilibrado e previa-se grande incerteza quanto ao vencedor final do set, mas as Boavisteiras fizeram um último esforço no jogo que as acabaria por guiar à vitória por 15-11 para grande festa dos adeptos Boavisteiros presentes na bancada.

Uma vitória muito suada para a nossa equipa, que foi valorizada pela formação do RC Senhorense, que sempre lutou e nunca atirou a toalha ao chão. Dois pontos para o Boavista e um ponto para o Senhorense, um desfecho que se aceita e que acaba por ser justo pelo empenho que ambas as formações tiveram em campo.

Na próxima jornada as Panteras deslocam-se ao recinto da Ala de Gondomar para mais um jogo onde irão lutar por mais uma vitória. 

FORÇA PANTERAS!! 


Iniciadas - Panterinhas perdem em casa

Boavista FC 0 - 3 Esc. Latino Coelho

As nossas Panterinhas do escalão de Iniciadas foram derrotadas pela formação da Escola Latino Coelho, da cidade de Lamego, pela margem máxima de 0-3.

O jogo contou para a quarta jornada do Torneio do 71º Aniversário da Associação de Voleibol do Porto, a jovens Boavisteiras não conseguiram repetir a vitória da jornada passada e desta vez cederam perante a mais experiente formação de Lamego.

Na próxima jornada as Panterinhas deslocam-se à cidade de Vila do Conde para defrontarem a formação do GC Vilacondense, jogo que acontecerá no próximo dia 13 de Abril, uma vez que no próximo fim de semana a nossa equipa goza a sua jornada de folga.

FORÇA PANTERINHAS!!

Juniores - Panteras vencem RC Senhorense

Boavista FC 3 - 1 RC Senhorense

As nossas juniores voltaram a ganhar para o Torneio do 72º Aniversário da Associação de Voleibol do Porto, o jogo a contar para a quarta jornada realizou-se no pavilhão Pêro Vaz de Caminha frente ao Real Clube Senhorense.

Uma vitória importante para a nossa equipa que assim somou mais três pontos na competição frente a um adversário que nunca se deu como derrotado.

Na próxima jornada as Axadrezadas deslocam-se ao sempre complicado recinto do Castêlo da Maia GC.

FORÇA PANTERAS!!

Juvenis - Jornada dupla dá derrota e vitória para Axadrezadas

Esmoriz GC 3 - 0 Boavista FC

Em fim de semana de jornada dupla, as nossas juvenis deslocaram-se no sábado a Esmoriz para defrontarem a equipa local em jogo a contar para a segunda jornada do Torneio do 72º Aniversário da Associação de Voleibol do Porto.

A equipa da casa, Esmoriz GC, acabou por vencer as Axadrezadas pela margem máxima de 3-0.

Boavista FC 3 - 0 FC Amares
27-25 / 25-18 / 25-17

No domingo, em jogo da terceira jornada, as Panteras aplicaram chapa 3 no jogo frente à formação do FC Amares, conquistando os três pontos em disputa.

Jogo onde a nossa equipa mostrou ter mais argumentos frente a uma equipa do FC Amares que foi sempre muito aplicada em campo, mas sem conseguir vencer nenhum set, mesmo tendo obrigado o 1º set a ser decidido nas vantagens.

No próximo fim de semana as Panteras deslocam-se à cidade berço, Guimarães, para defrontarem a equipa do Vitória SC, num jogo sempre interessante de seguir.

FORÇA PANTERAS!!

Apoie o Voleibol do Boavista FC


Vamos todos apoiar o nosso Departamento de Voleibol!

Adquira já as suas rifas!
1€ = 2 Rifas

sexta-feira, 28 de Março de 2014

Jogos dos escalões de formação


quinta-feira, 27 de Março de 2014

Entrevista a Nuno Costa #Coordenador dos Escalões de Formação


Nuno Costa, é o coordenador do Voleibol de formação, cargo que acumula com o técnico-adjunto da equipa sénior. No seu regresso ao Bessa conjuntamente com José Machado, tem um projecto de alterar significativamente, a formação axadrezada da modalidade.
Estivemos com ele nos minutos que antecederam mais um treino da equipa de Cadetes, na qual apoia o trabalho de Joana Ferraz.

Nuno este é o seu primeiro ano ao serviço do Boavista?
Não. Estive anteriormente durante quatro anos no Boavista, há sete ou oito épocas atrás.

Trabalhando, nessa fase, com o professor José Machado?
Exactamente e agora volto cá na mesma situação.

Vamos começar pela formação. Tendo conhecimento do seu cargo de coordenador, tenho visto há uns tempos atrás a orientar os treinos. Isso faz parte de algum projecto de alterações?
Sim. Há dois/três meses atrás. o director do Voleibol, Artur Nunes, numa conversa entre os dois, pediu-me que dentro das minhas possibilidades, ficasse a coordenador os trabalhos da formação e desde aí, temos feito uma análise ao estado actual do clube, ao estado actual dos treinadores da formação de voleibol e ao nível competitivo das diversas equipas, na sua qualidade individual e colectiva. Dentro disso, foi traçado um plano que visa essencialmente, uma mudança de mentalidade, que passa naturalmente pelas correcções técnicas e tácticas da evolução das diferentes equipas.

Tenho verificado que você e o Jorge Dias, responsável pelas Juniores, têm imposto um trabalho que mais parece de pré-época. Estou certo nesta visão e qual o objectivo?
É uma reestruturação a pensar no que se pode fazer no próximo ano, decidimos “antecipar” meia época começando do zero agora, para quando chegarmos à próxima época já conseguirmos um nível competitivo mais idêntico às outras equipas, visto que o Boavista não tem ido às fases nacionais, ficando sempre pelas fases regionais. O objectivo, para já, passa por conseguirmos competir a um nível superior ao que estamos neste momento, ou seja, competir em campeonatos de nível nacional dos diferentes escalões.. 

Aposta na concretização desse objectivo a curto prazo?
Da análise que efectuamos, verificamos que há equipas que terão mais condições de conseguir isso, outras com maior dificuldade, mas vamos tentar que isso seja um hábito no nosso clube, como já o foi noutras alturas. A curto, ou médio prazo, dependo do valor e assimilação das atletas.

Vejo as atletas algo queixosos ao ritmo de trabalho que lhe imposto no momento. Naturalmente tem essa percepção. Espera isso, ou estar a ser mais difícil que o que tinha previsto?
Eu posso falar mais do escalão de Cadetes, que eram iniciadas até há um mês atrás, porque é o escalão com que trabalho directamente, devido à indisponibilidade de treinadores, com horários de Faculdade, etc… acabou por me cair um pouco às costas também. Igualmente acompanho os restantes trabalhos, mas este escalão, tem sido, até agora, bem recebido o trabalho que tem sido implantado, já se vai notando algumas diferenças quer de mentalidade, quer de disponibilidade mental e física das atletas, para este tipo de trabalho. Logicamente que é sempre um tipo de trabalho, que se tem que ir impondo aos poucos, porque é, principalmente a nível mental, de uma grande exigência e que demora algum tempo a implantar-se em pessoas que não estão habituadas a trabalhar a esse nível.

Para quem já esteve no Boavista anteriormente e regressa oito anos depois, nota diferenças entre as formações do passado e a actual?
Sim, noto e bastantes diferenças, nomeadamente a nível de resultados. Não digo a nível da qualidade a cem por cento, porque há atletas com qualidade para jogar e evoluir. A nível do colectivo, com essas repercussões de resultados nos campeonatos nacionais e regionais tem vindo a baixar um pouco o nível dessa formação.

Resultados. Já para o próximo ano?
Nós trabalhamos para isso, mas temos que ter em mente que é um trabalho pensado a médio prazo, ou seja, se calhar os resultados do trabalho que agora começamos só o iremos ter mais palpáveis daqui a duas/três épocas. Isto não invalida, por exemplo, que o apuramento para as fases nacionais seja na próxima época, o objectivo de todas as nossas equipas de formação.

Passemos às seniores. Quando tomaram conta da equipa, nunca lhes foi exigido a subida de divisão, mas neste momento, o Boavista está apurado para a final four da promoção. Se a direcção nos o exigiu, como pensaram os treinadores?
Logicamente, que enquanto equipa técnica, comandado pelo professor José machado, sempre foi esse o nosso pensamento. Aliás nós não viríamos para cá com outro pensamento, habituados a um nível competitivo que estamos. Na primeira fase e pelo que nos foi pedido pela Direcção, não seria esse o objectivo, mas nossas mentes, sempre foi esse o nosso objectivo. Esta praticamente garantida (falta um ponto) a presença na final-four e depois serão três jogos a doer e praticamente tudo o que foi feito para trás não tem interesse algum.

Seria importante jogarem casa, sendo o Boavista a organizar essa final, ou isso traria uma pressão extra e desnecessária sobre a equipa?
Acho que não traria grande pressão jogue-se onde jogar haverá sempre pressão sobre todas as equipas porque é uma final. Quem conseguir lidar melhor com essa pressão e conseguir lidar melhor com o adversário e conseguir contrariar melhor as tendências dos adversários vai conseguir o título.

Considera o Boavista favorito ao título?
Eu acho que o CV Lisboa e o PE Lobato foram duas surpresas para mim porque não os tinha como adversários e naturalmente serão de um grau considerável de dificuldade. A equipa dos Açores é uma equipa que habitualmente cria umas surpresas porque não temos conhecimento nenhum sobre elas, ao contrário delas que conhecem o nosso trabalho. Têm conseguido ter acesso a alguns vídeos sobre as outras equipas e isso, pode ajudar de certa forma, a conhecer-nos melhor a nós e a dificultar-nos um pouco o trabalho. Pela nossa parte teremos a dificuldade de não as conhecer a elas,mas acredito que naqueles momentos decisivos as coisas vão para a área de conforto das atletas e quem souber gerir melhor e estiver mais confiante é quem conseguirá levar o caneco.

Uma derrota é sempre uma derrota, mas algumas acabam por ser vir de aviso. A derrota do passado domingo, sendo totalmente inesperada pode ser transformada em positiva?
Primeiro nós não éramos invencíveis, porque já tínhamos perdido com a Académica de Coimbra, algumas pessoas em S. Mamede esqueceram-se disso. Independente desse facto, não há equipas invencíveis e nós em todos os jogos, sejam com vitórias ou derrotas temos sempre coisas a tirar, a aprender e a ler. Sabemos que temos muito para crescer e aprova disso é o jogo da taça, por exemplo, embora tenhamos lá ido com praticamente jogadores de dezoito anos e atletas menos utilizadas, serviu-nos para perceber que ainda temos um longo caminho a percorrer se queremos jogar num nível da A1 e se queremos que as atletas continuem a evoluir.


[Entrevista original em: http://act-amadoras-boavista.blogspot.pt/]

segunda-feira, 24 de Março de 2014

Seniores - Jornada dupla dita uma vitória e uma derrota

A nossa equipa sénior teve neste fim de semana uma jornada dupla para a Série dos Primeiros do campeonato nacional da II divisão. Os jogos contra as duas Académicas, de Coimbra e de São Mamede, ditaram uma vitória e uma derrota que se traduziram em mais quatro pontos para a nossa equipa, que assim de mantém no 1º lugar da tabela classificativa e a um passo da qualificação para a Fase Final.

No sábado, no pavilhão Pêro Vaz de Caminha, as Panteras receberam a formação da Académica de Coimbra e venceram pela margem máxima de 3-0, com parciais de 25-22, 25-15 e 25-13. Jogo onde o treinador, Prof. José Machado, fez alinhar algumas atletas com menos minutos de jogo. As Axadrezadas dominaram o jogo e obtiveram uma justa vitória perante uma formação de Coimbra que já está sem qualquer hipótese de se qualificar para a Fase Final.

No domingo, no pavilhão Eduardo Soares, em São Mamede Infesta, as Panteras foram surpreendidas pela formação da Académica de São Mamede por 3-2 com parciais de 20-25, 18-25, 25-23, 25-21 e 15-9. Depois da nossa equipa ter estado a vencer por 0-2, a formação da casa conseguiu a revirravolta total nos acontecimentos e acabou por vencer na negra. Mesmo tendo em conta a derrota, as Panteras somaram mais um ponto muito importante para as contas finais.

No próximo domingo as Boavisteiras deslocam-se ao sempre complicado recinto da Juventude Pacense, jogo onde a conquista de mais três pontos será de extrema importância para as meninas do Bessa. Domingo, às 15h00, todos a Paços de Ferreira!!

FORÇA PANTERAS!!